Melgaço

“O Minhoto”- Troféus Desportivos XXI Gala em Melgaço

Melgaço é o concelho anfitrião da XXI Gala de Entrega dos Troféus Desportivos “O Minhoto”, numa decisão acordada em reunião recente, realizada entre o Município, na pessoa do seu Presidente, Manoel Batista e a Organização, representada por Cristina Torres.

O mistério da existência do Mosteiro de S. Paio de Paderne (Melgaço)

Valter Alves perfil

Valter Alves

Professor

Um dos grandes mistérios para os historiadores interessados pela História melgacense é a existência do antiquíssimo Mosteiro de S. Paio, que, a ter existido, seria mais antigo do que o de Paderne e bem anterior à própria independência de Portugal. Contudo, as raras referências documentais e outras provas históricas colocam algumas reticências.

Constituição do AECT Rio Minho aprovada pelos Governos de Portugal e Espanha

No seguimento do processo de constituição iniciado em 2016 pela Uniminho – Associação do Vale do Minho Transfronteiriço, os Governos de Portugal e Espanha aprovaram formalmente a constituição do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial do Rio Minho – AECT Rio Minho – que tem como associados a CIM Alto Minho e a Deputación Provincial de Pontevedra.

O cerco à Praça Militar de Melgaço e a captura das filhas do comandante (1846)

Valter Alves perfil

Valter Alves

Professor

Estávamos em meados do século XIX. Em Melgaço e no Alto Minho, o clima social estava a ferro e fogo. No jornal espanhol “El Católico”, na sua edição de 13 de Maio de 1846, fala-nos de uma onda de revoltas contra as autoridades na região. Este clima em que estava mergulhado a região minhota, já vinha das lutas liberais e tinha tendência a agudizar-se com as medidas tomadas pelo governo de Costa Cabral e a revolta da Maria da Fonte. A elevada carga de impostos e a proibição dos enterros nas igrejas são algumas das razões que justificam este ambiente de revolta contra o Estado na região.

A Lenda da Inês Negra contada num jornal brasileiro (1927)

Valter Alves perfil

Valter Alves

Professor

A Inês Negra é a heroína lendária da nossa terra, Melgaço. Não se conhece quase nada acerca desta personagem. Sabe-se que durante o cerco a Melgaço em 1388, houve um confronto entre duas mulheres. Isso é descrito nas Crónica do Rei D. João I de Fernão Lopes ou de Duarte Nunes de Leão que referem mais ou menos o mesmo.

PSD/CDS-PP justificam voto contra o orçamento em Melgaço

A coligação PSD/CDS-PP "Prá Frente Melgaço" votou contra o orçamento da Câmara de Melgaço para 2018, orçado em 19, 5 milhões de euros, por considerar que «o plano é uma mão cheia de nada e que fica aquém do que seria o desejável, expectável e necessário" para o concelho. Apesar de invocar a atual conjuntura do país no preâmbulo do documento, os números finais do Orçamento para 2018, quer do lado da receita, quer do lado da despesa, são inferiores aos de 2017».

 

A valorização do fenómeno da emigração em Melgaço

Daniel Bastos

Daniel Bastos

Professor

Ao longo dos últimos anos, a vila raiana de Melgaço, sede do concelho mais a norte de Portugal, situada no distrito de Viana do Castelo, tem sabido preservar e valorizar o fenómeno da emigração, cujas marcas estão muito presentes na realidade e identidade desta região fortemente influenciada pela proximidade de Espanha e pelo rio Minho.

A fundação da Confraria da Misericórdia de Melgaço - 500 anos de História

Comemorações 500 anos da Santa Casa da Misericórdia de Melgaço

A Santa Casa da Misericórdia de Melgaço completou, no corrente ano, cinco séculos de existência. O alvará de confirmação, emitido em 1517, naquele que viria a ser o primeiro Compromisso desta Irmandade, atesta esta data histórica para a Instituição, para Melgaço e para o movimento das Misericórdias Portuguesas.

Um estranho esquema de contrabando nas fronteiras de Melgaço (1978)

Valter Alves

Valter Alves

Professor

O jornal espanhol “La Vanguardia”, na sua edição de 16 de Dezembro de 1978, fala-nos de um estranho esquema de contrabando que passava nas fronteiras de Melgaço. O jornal conta-nos que existiam milhares de cabeças de gado que eram transportadas em camiões vindos do sul de Portugal até à fronteira melgacense e depois passado para Espanha. Contudo, o esquema não ficava por aqui.

Páginas

Subscreva RSS - Melgaço