Assinado compromisso para o saneamento em Pinheiros (Monção)

“Esta assinatura é um compromisso firme e sério que o saneamento em Pinheiros vai ser uma realidade”. A rede de saneamento em Pinheiros conheceu um avanço com a celebração de contrato para elaboração do projeto.

Momento muito participado pela população local que serviu para desmistificar a ideia, lançada numa ação politica na freguesia, que Augusto de Oliveira Domingues estaria a faltar à verdade nesta questão.

“Estou aqui, olhos nos olhos com vocês, para vos dizer que a rede de saneamento é um processo irreversível. Esta assinatura é a prova disso. Eu não minto, não crio falsas expetativas e não falho naquilo que prometo. Não posso comprometer-me com datas para o arranque da obra porque não depende unicamente da Câmara. Garanto-vos, contudo, que estaremos preparados para apresentação da candidatura logo que o governo abra um novo ciclo para financiamento”, assegurou   

Sala pequena para tanta gente. A população de Pinheiros deslocou-se em peso à sede da junta de freguesia para assistir, na noite de ontem, à assinatura do contrato de aquisição de serviço para elaboração do projeto da rede de saneamento de Pinheiros.

O trabalho foi entregue à empresa “Hidrofunção, Consultores de Engenharia, Lda”, pelo montante de 8.966,70 €, incluindo IVA à taxa legal, estando concluído no prazo de 150 dias. Segue-se a preparação da candidatura para apresentar logo que o governo lance novos avisos de financiamento.

Salão Nobre da Junta de Freguesia de Pinheiros

Salão Nobre da Junta de Freguesia de Pinheiros

Após a assinatura, o autarca monçanense, Augusto de Oliveira Domingues, abordou a importância da instalação da rede de saneamento para a população local, evidenciando o aumento da qualidade de vida, a melhoria das condições de salubridade e a valorização do ambiente.

Augusto de Oliveira Domingues referiu que “esta assinatura é um compromisso firme e sério que o saneamento em Pinheiros vai ser uma realidade”, sublinhando que “ao contrário do que alguém afirmou numa ação política realizada na freguesia, eu não minto, não crio falsas expetativas e não falho naquilo que prometo”.

Adiantou: “Estou aqui, olhos nos olhos com vocês, para vos dizer que a rede de saneamento é um processo irreversível. Esta assinatura é a prova disso. Não posso comprometer-me com datas para o arranque da obra porque não depende unicamente da Câmara. Garanto-vos, contudo, que estaremos preparados para apresentação da candidatura logo que o governo abra um novo ciclo para financiamento”.

Também o presidente da Junta de Freguesia de Pinheiros, João Filipe Rodrigues, mostrou contentamento pelo desenvolvimento do projeto: “Vimos pugnando por esta obra há muito tempo, sendo com enorme satisfação que vemos o processo avançar. Não tenho qualquer dúvida que será uma mais-valia para a população de Pinheiros”.

A criação de condições estruturais no âmbito do saneamento de águas residuais e abastecimento de água ao domicílio está na linha da frente das prioridades do atual executivo. Neste momento, encontra-se em execução ou em fase de arranque, com contrato de trabalho assinado, seis empreitadas em diferentes freguesias do concelho. Globalmente, ascendem a 4 milhões de euros.